Os Olimpianos RPG
Faça seu login ou inscreva-se para jogar conosco. Antes de se inscrever, tenha certeza de ler todos os links da Central e obedecer todas as regras até a ficha de inscrição. Agradeço a atenção.

Casa 2 - Reich

Ir em baixo

Casa 2 - Reich

Mensagem  Administração em Ter Jan 17, 2012 12:18 pm

Uma casa térrea, porém bem espaçosa. Além de tudo, é feita de mármore, com as portas, janelas e telhado feitos de prata pura. Por dentro há uma sala não muito grande, mas muito bem decorada. Ao lado, há um banheiro, e no fundo da casa uma pequena cozinha. Seis quartos estão disponíveis, podendo cada um abrigar até quatro garotos.
A casa Reich é a casa dos ricos, não só em materiais, mas ricos em alma e caráter.

Habitantes da Casa: -


Última edição por Administração em Dom Set 07, 2014 2:41 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Administração
Admin

Mensagens : 462
Pontos : 7073
Reputação : 73
Data de inscrição : 16/01/2011
Localização : Ribeirão Preto, SP

Ver perfil do usuário http://osolimpianosrpg.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa 2 - Reich

Mensagem  John Becker em Seg Jun 11, 2012 3:15 pm

John Becker
Hunter
Level 00

Chegou ali sem animo, totalmente desconfortável e confuso. Esforçava-se para manter seu foco, porém nada adiantava. Sua cabeça estava em um tráfego intenso de pensamentos, uns bons outros nem tanto, e isso o impedia de tomar decisões sãs e corretas. A confusão dentro de si aumentava à medida que ele se aproximava das armas. Tudo o levava a ela. Ao dia em que ele a abandonara no trem, mandando-a para um destino desconhecido. As vezes em que ele a fizera sorrir, mesmo enquanto sofria. O tempo que passaram sem se ver, como completos desconhecidos. Ele se culpava por isso e por muitas outras coisas. Como ele pode deixá-la só? Como pode abandoná-la? E, o pior de tudo, como pode ficar calado enquanto tentavam matá-la? Tudo bem, ele não sabia que era ela. Porém ficou calado em relação à sua avó. Eles a mataram e iriam matar a pequena também, com igual crueldade ou até mais. Ele interferiu, porém não fez mais do que sua obrigação. Ela era a única pessoa que ele tinha e ele não podia deixar que a matassem. Sabia os riscos de suas ações, porém nada daquilo importou quando ele a viu estendida no gramado, ferida e zonza. Tentou parar com a martirização, mas o que ele fez depois foi o pior de tudo. Ele a abandonara novamente. A deixara desprotegida. Como pode abandoná-la no hospital sem ao menos explicar-lhe algo? Sentia-se um covarde. Um monstro, na verdade. Colocou as mãos na cabeça e segurou firmemente os cabelos em sinal de desespero. E então chorou.


avatar
John Becker
Caçador

Mensagens : 9
Pontos : 8
Reputação : 5
Data de inscrição : 15/05/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum