Os Olimpianos RPG
Faça seu login ou inscreva-se para jogar conosco. Antes de se inscrever, tenha certeza de ler todos os links da Central e obedecer todas as regras até a ficha de inscrição. Agradeço a atenção.

Anfiteatro

Página 13 de 14 Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14  Seguinte

Ir em baixo

Anfiteatro

Mensagem  Administração em Ter Jan 18, 2011 3:45 pm

Relembrando a primeira mensagem :

O teatro do Acampamento, possui uma estrutura grega muito bem acabada. É mais usado para o que alguns podem chamar de "cantoria".



Última edição por Narração/Administração em Qua Jul 27, 2011 10:23 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Administração
Admin

Mensagens : 462
Pontos : 7073
Reputação : 73
Data de inscrição : 16/01/2011
Localização : Ribeirão Preto, SP

Ver perfil do usuário http://osolimpianosrpg.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Anfiteatro

Mensagem  Suzannah Simon em Seg Jan 21, 2013 10:50 pm




Kiss me hard
I know if I go I'll die happy tonight



Ela sorriu debochadamente, vendo o jeito que a garota pareceu reagir ao seu comentário. Incomodada, irritada. — Estressada? — Perguntou, levantando uma sobrancelha. A pergunta sobre seu pai não havia sido feita com o intuito de incomodá-la, fora apenas algo que saiu de sua boca. Mas, por alguma razão, o estresse de toda a noite passada ainda estava em Suzannah, e ela continuou. — Bem, meu problema não é com você, e sim com o seu pai. Mas não deve ser nada demais - não pra você. — Falou.

Suzannah Simon | Hécate
avatar
Suzannah Simon
Semideus

Mensagens : 254
Pontos : 1320
Reputação : 13
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Eileen Fox Blackwood em Seg Jan 21, 2013 10:54 pm

I'm not just

another piece

I feel so cold, I feel so lonely now. My heart is sorrounded by the arrows of pain and who I love is so far away.
Bufei e continuei olhando-a enquanto falava. Sim, eu estou irritada, mas não pense que é por sua causa, garota. E realmente, isso não é nada demais. Meu pai é meu pai, eu sou eu. Eu sei o que ele fez aqui, e eu não tenho nada a ver com isso nem com ele. Respondi. Por um momento, olhei para um ponto distante atrás dela, por cima de seu ombro. Carl havia voltado a minha mente, junto com a serpente que tinha a mania de chamar de Death. Morte... Alguma coisa ele vai fazer, eu sei que vai. Eu conheço ele. As coisas não vão ser nada boas. Não é hora de pensssar nele ela disse. Revirei os olhos. Não dá pra parar, não entende? Falei, e sabia que as duas achariam estranho, ou que falava sozinha, mas logo entenderiam com quem estava falando.
Get the nightlocks, let them guide you to the death and the rest all in a bookshelf. Get the nightlocks, let me kill myself.
in their chess table


avatar
Eileen Fox Blackwood
Semideus

Mensagens : 16
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 03/09/2011
Localização : Salém, Massachusetts

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Jasmine Meadows em Seg Jan 21, 2013 11:05 pm

wake to see
your true emancipation is a fantasy


Ergo as sobrancelhas com a resposta da filha de Ofíon. Aquilo terminaria em briga. Penso, por um segundo, se devo ou não interrompê-las enquanto ainda estão com as armas guardadas. Se uma continuar a provocar a outra desse modo, logo terei que carregar dois corpos para a Enfermaria. E com esse pensamento em mente, digo: Acalmem-se. E apenas isso. Vejo a menina falar com a cobra, mas não me importo, na verdade. Já a vi fazendo-o quando cheguei.
avatar
Jasmine Meadows
Semideus

Mensagens : 24
Pontos : 80
Reputação : 5
Data de inscrição : 16/09/2012

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Suzannah Simon em Seg Jan 28, 2013 10:51 am




Kiss me hard
I know if I go I'll die happy tonight



Suzannah balançou os ombros. —Tudo bem. — Disse, com um leve riso. Continuo não indo com a sua cara, pensou, e então se virou para a outra garota. Não havia prestado muito a atenção nela, mas, agora, olhando-a melhor, soube que a conhecia. — Você é uma das minhas meias-irmãs, não é? Jasmine. — Perguntou, sem nenhum realmente interesse. Pegou um chiclete e começou a mascar, olhando para a filha de Ofíon. — O que tanto essa cobra fala para você, hein? Estão partilhando segredos? Ela é seu melhor amigo, garota? — Perguntou, com um leve sorriso no rosto, olhando para a cobra. Talvez ela pudesse fazer algumas brincadeiras com o animal usando algum feitiço, e aí ela se aliviaria de todo o estresse que estava sentido por causa da noite passada.

Suzannah Simon | Hécate
avatar
Suzannah Simon
Semideus

Mensagens : 254
Pontos : 1320
Reputação : 13
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Eileen Fox Blackwood em Qua Jan 30, 2013 3:02 pm

I'm not just

another piece

I feel so cold, I feel so lonely now. My heart is sorrounded by the arrows of pain and who I love is so far away.
Enquanto as duas conversavam, permiti-me que os pensamentos com Carl voltassem a minha mente. Eu precisava encontrá-lo e me certificar de que não havia feito nenhuma merda. Diferente do que parecia - que era que eu era a mais cruel e ele o pobre calado e isolado - ele era muito pior do que eu. Carl era imprevisível e perverso, muito perverso, e a verdade era que eu tinha medo do que ele poderia fazer. Mas então a garota começou a falar novamente comigo com seu sarcasmo e sorriso falso. E aquilo foi o bastante para mim. Voltei-me para ela com a raiva clara na minha expressão e podia sentir minha companheira sibilando ao meu lado, com a cabeça em pé. Primeiro: Isso é uma serpente, não uma cobra, sua estúpida. Segundo: pouco te interessa o que ela fala ou deixa de falar comigo, talvez seja por isso que você não consegue entendê-la. E por último: você fala assim como se fosse de algum modo melhor do que eu, menina. Você costuma se achar tanto assim, vadiazinha? Por que? Só por que você é filha de um deus ou uma deusa não-primordial e você é tão mais boazinha e melhor por isso? Foda-se. Você nem sabe quem nós somos, então não venha com essa banca de poderosa para cima de mim. Sim, eu havia dito "nós", mas nem sabia se estava me referindo a mim e Carl, ou eu e a serpente, ou então os filhos de primordiais, mas serviria para qualquer uma das opções. Se enxerga. Você de certo é uma nada sem nenhum aliado por perto já que ninguém deve te suportar de tão medíocre e irritante. Eu se você fosse pensaria melhor em como tratar os outros, ainda mais onde sempre se tem uma guerra acontecendo, afinal nunca se sabe quando se precisaria da ajuda de alguém, e as pessoas guardam rancor, querida. Duvido que metade desse acampamento te ajudaria se precisasse. Talvez simplesmente a deixassem para os cães apenas para terem o gostinho de te fazer pagar. Dei de ombros. As pessoas são boas até certo ponto, garota, nunca se esqueça disso. Ninguém vai te aguentar pra sempre aqui, nem mesmo seus amigos, se é que tem algum. Eles vão se cansar, cedo ou tarde, sei que vão. Amigos, namorados... Apesar de falar em um tom de voz mais baixo, eu tinha firmeza e certeza na voz porque eu sabia bem do que estava falando, e como sabia. Já conheci vários como você, e o final da história é sempre o mesmo, não importa o quanto se achem melhores ou diferentes. Eu se fosse você baixava essa crista. Se nos odeia tanto, é mais racional calar a boca e ficar na sua do que vir provocar. E sem esperar por qualquer resposta, pois sabia que não iria aguentar mais, virei-me e fui embora dali. Precisava encontrar meu irmão, pois ainda havia algo que me corroía por dentro dizendo que alguma ele fez. Então comecei a ouvir a voz do animal. Ssse quissser eu possso dar uma liçãozinha para esssa menina. Sorri. Era bem tentador. Não precisa, não por enquanto. Sussurrei de volta enquanto partia para longe.
Get the nightlocks, let them guide you to the death and the rest all in a bookshelf. Get the nightlocks, let me kill myself.
in their chess table


avatar
Eileen Fox Blackwood
Semideus

Mensagens : 16
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 03/09/2011
Localização : Salém, Massachusetts

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Suzannah Simon em Qua Jan 30, 2013 7:29 pm




If I look back
I'm lost. I have never looked back.



A garota filha de Ofíon começou a caminhar para longe. Não, ela não devia ter feito isso, Suzannah pensou, amargurada, e, antes que pudesse controlar a sua raiva, ela estendeu a mão para a garota. A filha de Ofíon parou de andar, automaticamente. Era um feitiço simples, mas, aprimorado e desenvolvido após três anos, Suzannah já detinha bom controle nele. E servia para que ela pudesse controlar o corpo da garota. Deixou ela parada, imóvel, segurando-a apenas com seus pensamentos. Então começou a andar em direção dela, parando até ficar cara-a-cara com aquela idiota. — Quem diabos você pensa que é? — Ela falou, a voz carregada de ironia e raiva. — Desculpe, você acha que pode chegar aqui e falar o que bem entender para a primeira pessoa que ver? Como se conhecesse ela? Olha, foda-se você. Eu já conheci filhos de primordiais o suficiente - já lutei contra eles mais vezes antes de que você quer possa ter sonhado em brandir uma espada em batalha - e vários deles já disseram que não são como os pais. — Suzannah fez uma careta sarcástica. — Adivinha só? Mentirosos. Tentaram e mataram alguns de nós pelas costas. E então, desculpe, eu não vou ser queridinha com você, se é isso que está esperando nesse Acampamento. Você pode ser igual a eles, como também não pode. Não estou nem aí. Agora, — ela acrescentou, um súbito ódio a preenchendo — você acha que eu sou uma nada sem ninguém, é? — Então, ela fechou a punho, deixando o ódio a tomar. A sensação que a filha de Ofíon começou a sentir foi algo parecido como se uma mão tivesse atravessado seu peito e cravado as unhas no coração. Era exatamente isso que Suzannah se imaginava fazendo. Era magia ruim, ela sabia disso, mas não se importava. Apertou mais forte, deixando que a garota cuspisse um pouco de sangue. Anos de estudos enfiada naqueles livros e praticando haviam servido para alguma coisa, afinal. — Eu nunca fui "nada", garota. E não sou, com ou sem amigos. — Então ela relaxou a mão, deixando que a garota respirasse um pouco. Afinal, mesmo querendo, não podia matá-la. Tinha que ser o exemplo de líder de chalé, é claro. — Não fale dos meus amigos ou das pessoas desse Acampamento como você as conhecesse, menina. — Ela bufou, encarando a semideusa a sua frente. Pensou em Jodelle, em Henri, em Charllote, em Ashley, em várias outras pessoas que ela não odiava nesse Acampamento, até mesmo Jack e Andrew. — Não fale nada que você não sabe. Se você já passou por isso, foda-se, foi com você. Mas o pessoal nesse lugar, no fundo, tem uma dívida comigo. Ninguém nunca me deixaria, filha de Ofión. Agora, você, por outro lado... — Ela riu levemente. A semideusa não devia ter falado sobre seus amigos ou namorado. Aquilo havia mexido em um ponto fraco dela. E, no final, ela já havia tido visões o suficiente para salvar um bocado de gente. Por isso, havia falado sobre a "dívida" que eles tinham com ela. A maior parte do Acampamento podia não gostar de Suzannah, mas 50% deles não deixariam ela morrer. Nem mesmo Suzannah deixaria um deles. — E, afinal, quem disse que eu te provoquei? Eu falei o que eu penso e você que se estressou. — Então, ela aproximou o rosto perto do da menina, murmurando baixinho. — Acredite, meu final não é como o dos outros. Nunca foi e nunca será. — Ela deveria tê-la soltado agora, mas talvez pudesse fazer mais alguma coisa para ensinar a ela algum respeito. — Talvez eu devesse te dar uma lição. Respeitar as pessoas mais velhas e poderosas que você encontra, principalmente se eles forem semideuses filhos de Hécate. Na verdade, qualquer um veterena nesse Acampamento. Afinal, foi você que já está aqui há quase quatro anos e já viu coisas o suficiente para ter o conhecimento e falar todo seu discursinho de agora pouco, não é? — Pensou em como poderia dar a lição na garota. Olhou para a cobra - serpente, foda-se - e mexeu sua mão, virando para a esquerda. Era como se ela estivesse estrangulando o pescoço do animal com a mão, virando e o torcendo lentamente, pronto para quebrá-lo a qualquer segundo. Ter controle sobre animais era fácil para a filha de Hécate. A serpente se engasgou, e Suzannah sabia que a garota poderia ouvir o que o animal sentia. Suzannah se viu vidrada em matar o animal, mas resolveu deixar para outra ocasião. Em vez disso, deu um soco na garota. — Isso é pelo o que você disse sobre mim. — E finalmente a libertou do feitiço, soltando-a. Começou a caminhar para longe, mas, antes, se virou e disse: — Ah, eu não me importo se esse animal é uma cobra, serpente, ou a porcaria de uma naconda, é rastejante e é um réptil, tão asqueroso quanto qualquer um deles, "estúpida". — Deu um risinho e saiu dali por fim.

Suzannah Simon | Hécate
avatar
Suzannah Simon
Semideus

Mensagens : 254
Pontos : 1320
Reputação : 13
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Eileen Fox Blackwood em Qua Jan 30, 2013 10:28 pm

I'm not just

another piece

I feel so cold, I feel so lonely now. My heart is sorrounded by the arrows of pain and who I love is so far away.
Fiquei o tempo todo parada, olhando fixamente para ela. Cada palavra que ela dizia nem sequer me atingia, não estava nem dando ouvidos ao que ela falava. Era o mesmo discurso de sempre. Mas então veio aquele aperto e uma dor terrível que dominou meu peito e refletiu em todo o restante do corpo. Era como se meu coração estivesse sendo esmagado. Filha de Hécate. Uma feiticeira, é claro, e a sua mão fechada... Ela estava sim esmagando meu coração. Abri a boca, procurando por algum fôlego, mas o que consegui fazer foi cuspir uma quantidade pequena porém assustadora de sangue. "Me mate logo" pensei. "Esmaga logo essa merda de coração e exploda meus órgãos se é tão poderosa." Ao invés disso, ela relaxou a mão e inspirei profundamente quando o fez, engasgando-me um pouco com o sangue, mas consegui me recuperar em segundos. Continuei ignorando suas palavras e por um momento pensei que fosse o fim de tudo. Foi quando senti a dor Negára. Eu podia ouvi-la gritar, um som terrível e horroroso em uma mistura de sons reptilianos e gritos humanos estrangulados. Não. Falei quase em sussurro e com a voz arranhada, mas se não fosse o aperto que passei, estaria gritando. Negára não. Torça o meu pescoço, não o dela. Por favor. Mas ela continuou segurando-a daquele modo, e Negára continuou gritando e não consegui fazer mais nada a não ser uma careta de dor, desespero e tristeza. E então ela me deu um soco, liberando a serpente e me soltou, o que me fez cair no chão de barriga para cima. Eu queria me levantar, ir até ela e dar-lhe o melhor soco que eu já teria dado em toda a minha vida. Queria fazê-la pagar, mesmo que com um simples soco ou chute. Ela pode me xingar, me enfeitiçar, me torturar ou acabar com minha vida, mas minha serpente não. Porém eu estava inútil com aquela dor no peito e ainda sentindo o sangue borbulhar em minha garganta a cada respiração como alguém que estava prestes a cuspir um belo catarro - sei que é uma terrível comparação, mas era exatamente assim -. E apenas fiquei lá, deitada, com Negára se contorcendo ao meu lado, agonizando assim como eu. Você me paga. Sussurrei. Você me paga.
Get the nightlocks, let them guide you to the death and the rest all in a bookshelf. Get the nightlocks, let me kill myself.
in their chess table


avatar
Eileen Fox Blackwood
Semideus

Mensagens : 16
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 03/09/2011
Localização : Salém, Massachusetts

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Seg Mar 04, 2013 6:46 am


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Stevie acordou cedo e resolveu dar uma volta pelo acampamento. Passou rapidamente pelo refeitório, pegou seu café da manhã (Composto por Danishes de chocolate e um copo simples de café.) e claro deu a melhor parte para seu pai, em forma de “homenagem”. Não ligava muito para essas coisas, apenas seguia mais uma regra, como na casa de seus tios. Distraído e caminhando sem um rumo específico, se deu conta chegando ao anfiteatro. “Provavelmente esse lugar deve ser usado para eventos ou coisas parecidas”. Como não havia terminado seu café da manhã, resolveu sentar-se e aproveitar para admirar o ambiente. Comendo e sem ter com que se preocupar, lembrou-se de Lola. Automaticamente um sorriso formou-se em sua face. Eles passaram alguns dias sem manter contato e de uma forma estranha Stevie sentiu sua falta. “Como podemos sentir falta de alguém que mal conhecemos?!” Pensou, lembrando-se do primeiro contato e de quando descobriu sua arma. Terminando o café, caminhou até o cesto de lixo mais próximo e depositou os restos de comida e o copo utilizado. Sozinho naquele imenso anfiteatro (Stevie nunca havia entrado em algum, então aquele parecia muito grande) lembrou-se de seu irmão e quando brincavam de guerreiros. Ele tocou seu anel e fez o mesmo movimento de quando descobriu que possuía uma arma. Sua espada apareceu rapidamente e ele não perdeu tempo, empunhou e começou a desferir golpes em inimigos fantasmas. Definitivamente aquela espada tinha sido feita sob medida. Perdeu-se no tempo, sem preocupar-se com olhares de outros semi-deuses.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Lola Marin em Seg Mar 04, 2013 12:52 pm

Depois de tomar o café da manhã resolvi que iria treinar,mas acabei desviando o caminho e fui parar no anfiteatro, fiquei feliz por isso ter acontecido porque acabei encontrando o Stevie, depois de alguns dias sem nos vermos, ele esta parecendo uma criança desferindo golpes de espada no ar,então falei.
-Já matou todos.
Acho que o assustei porque ele virou rápidamente com a espada apontada para mim. Dei um pequeno pulo e disse:
-Cuidado! Estou do seu lado. - E comecei a rir.
[b]
avatar
Lola Marin
Semideus

Mensagens : 85
Pontos : 2
Reputação : 7
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Seg Mar 04, 2013 1:26 pm


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Distraído com aqueles ataques não notei Lola aparecendo. Por pouco não avancei contra ela, devido ao susto que tomei. ”Lola, por Zeus, você está querendo me matar?!” Disse com a voz um pouco alterada. Estava ofegante e muito suado. Só então percebi que estava rindo. “Desculpe, é que não estou acostumado a ser surpreendido desta maneira. O que te trouxe até aqui?! Espero que meus gritos de guerra não tenham te tirado da cama”. Comentei, rindo e sentando para descansar um pouco.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Lola Marin em Seg Mar 04, 2013 2:44 pm

-Não sei o que me trouxe aqui, mais estou feliz de tiver.
Fiquei surpresa com o que falei, mais era a pura verdade. Não havia percebido o quanto ele estava me fazendo falta até está olhando para ele agora. E não conseguia parar de sorrir.
avatar
Lola Marin
Semideus

Mensagens : 85
Pontos : 2
Reputação : 7
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Seg Mar 04, 2013 3:01 pm


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fiquei surpreso com seu comentário, afinal de contas sentia a mesma coisa. Fiz sinal para que sentasse ao meu lado, assim podíamos conversar melhor. Ela assentiu e logo se sentou ao meu lado. Antes mesmo de sentar pude sentir seu perfume e confesso que fiquei abalado. Lola era muito bonita, não apenas por ser filha de Afrodite, mas pelo seu jeito. Sorri para ela, pensando o que falar. Decidi ser apenas sincero. “Sabe Lola, estou feliz que esteja aqui. Não estou totalmente à vontade nesse acampamento, mas quando estou com você consigo ser até sociável”. Peguei-me sorrindo, mais do que de costume. Será que estava começando a ficar louco?! Apenas meu irmão conseguia me deixar tão à vontade assim. Rimos juntos por alguns segundos, então notei que enquanto ela estava toda arrumada, eu provavelmente havia chegado de uma guerra. Uma grande guerra. Fiquei realmente constrangido.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Lola Marin em Seg Mar 04, 2013 3:56 pm

Foi muito bom saber que ele sentia o mesmo. Acho que a Doroti, a mulher que cuidou de me até eu vim para cá, adoraria saber que estou com borboletas na barriga, ela sempre dizia que isso era o inicio de grandes sentimentos. Notei que ele ficou um pouco vermelho.
-Por que você estava matando o vendo? - Dei risadas lembrando.
avatar
Lola Marin
Semideus

Mensagens : 85
Pontos : 2
Reputação : 7
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Seg Mar 04, 2013 6:07 pm


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Dei risadas com aquela loucura toda. "Estava apenas testando minha arma. Realmente curti ter algo feito especialmente para mim. Já escureceu, que tal irmos para nossos chalés e nos encontrar no refeitório? Queria poder me arrumar a altura para ela. "Espero que aceite" pensei olhando para Lola e aguardando sua resposta.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Lola Marin em Seg Mar 04, 2013 6:37 pm

olhando bem já estava na hora de ir.
-Vamos sim, você passa no meu chalé ou nos encontramos no refeitorio?
Fiquei esperando sua resposta.
avatar
Lola Marin
Semideus

Mensagens : 85
Pontos : 2
Reputação : 7
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Seg Mar 04, 2013 6:52 pm


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Passo no seu chalé, não se preocupe” disse levantando e estendendo a mão para levantar Lola. Podia sentir que essa noite seria especial, de alguma forma. “Até daqui a pouco então Lola” dei um beijo em seu rosto e caminhei lentamente em direção ao meu chalé, olhando para trás e vendo-a afastar-se.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Derek Taylor em Qua Mar 13, 2013 9:25 pm


Derek Taylor
Parente divino:Apolo (πόλλων)
Nível:5

"Is life worth living?
It all depends on the liver"

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Derek estava cansado de ficar em seu chalé. Resolveu dar uma passeada pelo acampamento. Andou durante alguns momentos sem rumo, quando se deu conta que estava no anfiteatro. “Caramba não havia percebido o quanto sentia falta dos palcos”. Sentou no fundo e começou a observar aquele local, utilizado para grandes espetáculos. Parecia até triste sem ninguém, mas não para Derek. Quando se encontrava sozinho desta maneira costumava refletir e até treinar suas falas. Ficou apenas ali, em sua “casa” curtindo a brisa gostosa da noite.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Derek Taylor
Semideus

Mensagens : 95
Pontos : 630
Reputação : 5
Data de inscrição : 05/12/2012
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
5/10  (5/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Qua Mar 13, 2013 9:45 pm


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Stevie se perguntava por onde andaria Lola. Foi em busca dela que chegou até o anfiteatro. Olhou ao redor daquele lugar terrivelmente silencioso. “Definitivamente Lola não deve estar por aqui” Stevie pensou e antes de sair notou que havia um rapaz sentado na arquibancada. Aproximou-se tranquilamente e resolveu conhecê-lo. “Hey a noite está boa não é? Chamo-me Stevie, muito prazer”. Stevie estendeu a mão, esperando a resposta daquele semideus.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Derek Taylor em Qua Mar 13, 2013 10:10 pm


Derek Taylor
Parente divino:Apolo (πόλλων)
Nível:5

"Is life worth living?
It all depends on the liver"

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tomou um grande susto quando escutou a voz de um semideus atrás de si. Levantou rapidamente e segurou, talvez por instinto, seu relógio de bolso. Foi então que notou a mão estendida de um rapaz novo. Não queria parecer antissocial, então estendeu a mão também. “Você me assustou, estava perdido em pensamentos. Meu nome é Derek, prazer” ficou analisando-o. Tantas coisas passavam em sua cabeça. Pensava se Arya estaria bem. Mesmo “bravo” com ela, não conseguia deixar de se preocupar. “Você é novo por aqui certo? O que está achando desse local?” perguntei, apenas para não ficar sem assunto.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Derek Taylor
Semideus

Mensagens : 95
Pontos : 630
Reputação : 5
Data de inscrição : 05/12/2012
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
5/10  (5/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Stevie Wilians em Qui Mar 14, 2013 3:24 pm


Stevie Wilians
Parente divino:Zeus (Ζεύς)
Nível:00

"Tudo que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade."

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Está tão na cara assim?” perguntei, rindo com aquela ironia. Definitivamente Lola havia me feito muito bem, pois estava conversando com um desconhecido e ainda sorrindo. Não sei por que, mas sentia que Derek era uma boa pessoa. “Então Derek, o que te trouxe até aqui? Não conheço muito o acampamento, mas percebo que este lugar não é visitado com tanta frequência assim. Veio meditar!”. Afirmei, indicando a solidão e o silêncio que se instalava naquele lugar. Não gostava de lugares assim, “mortos”. Quando meditava, gostava de sentir o ar e era louco para realizar loucuras. Mas confesso que sempre faltava coragem. Aguardei a resposta dele, analisando-o minuciosamente.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Stevie Wilians

Mensagens : 60
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Derek Taylor em Qui Mar 14, 2013 4:03 pm


Derek Taylor
Parente divino:Apolo (πόλλων)
Nível:5

"Is life worth living?
It all depends on the liver"

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Suspirei escutando suas perguntas e afirmações. Estava sentindo-me muito cansado e por incrível que pareça, vendo todas aquelas coisas ao meu redor fez-me relembrar da minha vida como um “mortal” comum. Minha vida nunca tinha sido tão fácil, mas havia pegado o jeito e estava gostando. Até que por ironia do destino, descobri que era filho de Apolo. O que estava me consumindo era a dependência que era submetido: dependência de finanças; dependências de pessoas e sentimentos intensos; dependência dos Deuses. Como éramos submetidos a toda essa dependência. Isso me deixava muito possesso. Não gostava de ser dependente de ninguém. Acho que o ponto fraco de qualquer pessoa é o coração. Lá são depositadas esperanças e medos. São recolhidos resquícios de fé, quando necessário. Foi então que me veio uma ideia realmente louca. “Vim para esse lugar para refletir um pouco. Gosto de lugares tranquilos. Para alguns isso é uma tortura, mas convivi com isso. Quando estou preocupado e com dúvidas, me retiro para um lugar como esse. Hey, é Stevie seu nome certo?!” ele assentiu com a cabeça, prestando atenção em cada movimento meu. “Preciso resolver uma coisa, se quiser me acompanhar fique a vontade”. Sua resposta foi positiva. Levantamos e caminhamos até o pavilhão do refeitório.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Derek Taylor
Semideus

Mensagens : 95
Pontos : 630
Reputação : 5
Data de inscrição : 05/12/2012
Idade : 23
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
5/10  (5/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re:Anfiteatro

Mensagem  Convidado em Qui Maio 16, 2013 9:40 pm

Já havíamos passado na arena de combate e agora estamos no Anfiteatro, e ainda não sabia ao certo o que, ou melhor, quem estávamos procurando. Então a forcei a parar.
-Vamos sentar um pouco. – Ela me olhou e sem falar nada sentou. – Desculpa eu perguntar, mais quem é essa pessoa que você está atrás?


Última edição por Logan Truent em Qui Maio 16, 2013 9:51 pm, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Lola Marin em Qui Maio 16, 2013 9:44 pm

Não questionei quando pediu para sentarmos, já estava cansada. Quando ele falou me lembrei de que não tinha falado sobre quem estávamos procurando. Mais nem eu sei o que ele é pra mim na verdade, como posso explicar só que não posso o arrasta por ai sem falar nada.
- O Stevie, na verdade não sei o que somos. Aconteceu algo legal entre-nos mais ainda não nos vimos depois disso. Parece confuso né?

avatar
Lola Marin
Semideus

Mensagens : 85
Pontos : 2
Reputação : 7
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago

Mensagem  Convidado em Qui Maio 16, 2013 10:13 pm

Isso me pegou de surpresa, acho esperava, nem sei o que esperava. Mais fiquei decepcionado, isso é o que posso afirma.
-Confuso? Pode até ser, mais não parece tanto assim para você. –Ela me olhou com um ponto de interrogação no rosto. – Você está me arrastando por ai atrás dele e só parou, porque eu te puxei, isso meio que já diz o que você quer. Então acho melhor você ir sozinha atrás dele.
Não quero ver esse encontro.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Lola Marin em Qui Maio 16, 2013 10:31 pm

Eu me sinto bem ao lado do Stevie, mas do jeito que ele falou, eu realmente sei o que quero, não quero ver assim, não sei o que ele pensa e nem o que quer, ele tem razão acho melhor ir sozinha, não sei o que acontecera.
-Pode ser verdade isso que você falou. E obrigada por ter me acompanhado, depois a gente se ver. – Dei um beijo no seu rosto e sai.

avatar
Lola Marin
Semideus

Mensagens : 85
Pontos : 2
Reputação : 7
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Anfiteatro

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 13 de 14 Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum